Qual a diferença de uma cerveja puro malte de uma cerveja comum? Ou entre iogurte e bebida láctea? O que é indispensável observar na hora de comprar carne, salame ou presunto? Para marcar o Dia Nacional do Consumidor, comemorado em 15 de março, a Delegacia Sindical do Anffa (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários) no Distrito Federal produziu uma série de vídeos que orientam a população sobre a compra segura de produtos agropecuários. Neles, é possível aprender como evitar possíveis fraudes e até alimentos contaminados, além de apresentar o processo de trabalho dos auditores fiscais federais agropecuários (AFFAs), que asseguram a segurança e qualidade desses produtos no Brasil.

Ao longo do mês, seis vídeos serão divulgados nas redes sociais com dicas práticas e simples sobre a obtenção, manipulação, armazenamento e rotulagem de alimentos que fazem parte da rotina de grande parte dos brasileiros. Os primeiros dois vídeos da série já estão disponíveis e tratam, respectivamente, sobre as formas seguras de compra e consumo de carne e de cerveja, abordando os critérios técnicos de produção, embalagem e condições higiênicas sanitárias.

Dica sobre carnes e derivados

Sempre que você faz um sanduíche de presunto, mortadela ou salame, sempre que faz feijoada ou churrasco, você consome carne e seus derivados. Você sabe o que observar na hora da compra? Você sabe como evitar carnes de origem duvidosa e o que fazer caso encontre alguma suspeita? Não? Então confere aí!#AFFAEmAção #ANFFAPeloBrasil #MêsDoConsumidor #DSDFANFFA #SegurançaAlimentar #Inspeção #QuizzDoConsumidor

Publicado por DSDF ANFFA Sindical em Sexta, 2 de março de 2018

 

Além disso, até o fim do mês, serão postados mais quatro vídeos que tratam sobre a compra de pescados, azeite, iogurte e bebidas lácteas, e sobre ração para alimentação animal.

O presidente do Anffa Sindical, Mauricio Porto, acredita que quando a população está bem informada pode ajudar na fiscalização, assim como na identificação de irregularidades. “Com informação, cada consumidor pode tomar as medidas necessárias para proteger a própria saúde e alertar para irregularidades, atitudes que beneficiam e garantem a segurança alimentar de toda a sociedade”, afirma Porto.

Os auditores fiscais federais agropecuários estão disponíveis para responder as dúvidas dos consumidores por meio de sua página oficial no Facebook, do e-mail da delegacia sindical do DF (delegaciasindicaldf@anffasindical.org.br) e também dos canais institucionais do Ministério da Agricultura, como ouvidoria e SIC – Serviço de Informação ao Cidadão (0800 704 1995).

Fonte: Anffa